Tudo sobre Commander!

Friday, December 29, 2017

Olá, pessoas lindas!

 

Vim aqui pra falar de um formato casual, mas que vem ganhando cada vez mais espaço, o COMMANDER.

Para mim, é um dos melhores formatos que existe, pois além de abrir um grande leque de possibilidades e estratégias, é divertido!! Eu, particularmente, adoro jogar um mesão do amor!.

 

AGORA SIM! VAMOS AO COMMANDER

 

Imaginem promover a interação social através de um formato?! Pois então, seus sonhos se realizaram!

O Commander, também conhecido como EDH – Elder Dragon Highlander (Who wants to live foreveeerrrrrr!!!), foi criado com o intuito de que cada jogador usasse um dos cinco Dragões Ancestrais, lançados em Legends – Arcade Sabboth, Chromium, Nicol Bolas, Palladia-Mors e Vaevictis Asmadi – como seu General, posteriormente expandido para todas as lendas, e todos deveriam se confrontar para que no final apenas um fosse o vencedor. Sim, é igual ao filme, só pode haver um! (qualquer semelhança é mera coincidência...) O Juiz Sheldon Menery foi um dos grandes responsáveis pela popularização do Commander.

 

 

O Commander consiste num deck de 100 cartas (não, você não leu errado!), sendo seu comandante e mais 99 outras cartas.

Seu comandante tem que ser, salvo exceções, uma criatura lendária. Essas exceções são os planeswalkers que saíram em decks lançados pela wizards para o formato, como exemplos temos a Freyalise e Daretti (eles tem uma indicação de que podem ser comandantes em seu texto), ou aqueles criatura/planeswalker que saíram no bloco de Origins, como a Chandra, Fogo de Kaladesh e Liliana, Curandeira Herege.

Para os outros 99 temos uma regra, com exceção dos terrenos básicos, só pode haver uma cópia de cada card (olha ai de novo o só pode haver um...).

Pode haver dois comandantes também, que tenham a habilidade de partner, e mais 98 cards no deck.

 

COMO MONTAR SEU DECK

 

Primeiramente, você tem que escolher o seu comandante, depois que escolheu, devemos nos atentar a identidade de cor dele. Mas, afinal, que raios é essa identidade de cor?! Nada mais é do que as cores de mana que constam em seu comandante, vinda de qualquer parte do card, incluindo custo de conjuração e quaisquer símbolo de mana em seu texto (prestem atenção quanto aos símbolos de mana híbridos), além do indicador de cor (aquela bolinha que está atrás das cartas que flipam,tipo o Arcanjo Avacyn / Avacyn, the Purifier, que é vermelha) e por habilidade definidora de característica (por exemplo, cartas que tem em seu texto dizendo que é de todas as cores, mesmo que seu custo seja incolor, ou cartas que tenham cores em seu custo, mas tem em seu texto dizendo que ela é incolor).

 

Como exemplos, temos os seguintes comandantes:

 

General Tazr

 

A General Tazri é um comandante 5 colors, pois seu custo de mana é branco, mas sua habilidade requer mana das 5 cores para ser ativada.

 

 

Rhys, the Exiled

 

Rhys, the Exiled é um comandante BG ou Golgari (preto e verde), pois seu custo é verde, mas sua habilidade requer mana preta para ser ativada.

 

 

Archangel Avacyn

Archangel Avacyn é um comandante RW ou Boros (vermelho e branco), pois o custo de mana é branco, mas quando ela flipa, se torna uma criatura vermelha, Avacyn, the Purifier, pois é o que mostra no indicador de cor (a bolinha vermelha do lado esquerdo na linha do tipo).

 

 

Teferi, Temporal Archmage

Teferi, Temporal Archmage é um planeswalker, porém ele pode ser seu comandante, já que consta isso em seu texto. Ele é um comandante azul.

 

 

Chandra, Fire of Kaladesh

 Chandra, Fire of Kaladesh é uma criatura lendária, porém quando flipa, vira a planeswalker Chandra, Roaring Flame, ambas tem identidade de cor vermelha, sendo uma comandante vermelha.

 

 

Rhys, the Redeemed

 

 

 Rhys, the Redeemed é uma criatura que tem seu custo de mana hibrido, ou seja, pode-se pagar mana verde ou branca para que ele seja conjurado, então ele é um comandante GW ou Selesnya.

 

 

Feito isso, você procura cards que se encaixem na identidade de cor de seu comandante e que tenham boa sinergia com ele. Procure mágicas e criaturas que combinem e tirem o máximo de proveito. Por exemplo, se você escolher a Chandra, Fogo de Kaladesh, seu deck terá como foco criaturas, encantamentos que dobre o dano e mágicas de dano direto.

Mas, para o seu deck ficar completo, temos que escolher fontes de mana, além de usarmos artefatos ou criaturas que geram manas, temos que escolher quais terrenos não básicos vamos usar (lembrando que esses só podem ter um de cada) e também a quantidade de terrenos básicos.A maioria dos decks de 2 ou mais cores usam, em média, 38 a 40 terrenos, já os mono color, podem usar uns 35 terrenos.

Seguindo esses passos, você constrói seu deck.

 

DIVISÕES DO FORMATO E LISTA DE BANIDAS

 

Agora temos que escolher qual dessas divisões iremos seguir (cada uma tem suas cartas banidas e também suas regras)

 

- Duel Commander (Lista Francesa)

Esse formato é para 1 vs 1 e tem uma lista de banidas própria, não sancionada pela Wizards, porém é bem utilizada pelo jogadores do formato.

Os jogadores iniciam o jogo com 20 pontos de vida.

Clique aqui para a lista de banidas.

 

- Duel Commander (Lista Wizards – MOL)

Esse formato é para 1 vs 1 e segue a lista de banidas do formato para o MOL.

Os jogadores iniciam o jogo com 30 pontos de vida.

Clique aqui para a lista de banidas.

 

- Multi-Player Commander ou EDH (Lista Wizards – MOL)

Também conhecido como mesão (mesão do amor, mesão da alegria...)

É um formato que pode ser jogado de 3 a 6 jogadores (vai por mim, mesão com mais de 6 se torna quase um jogo perpétuo...)

Os jogadores iniciam o jogo com 40 pontos de vida.

Clique aqui para a lista de banidas.

 

- Two-Headed Giants ou Gigante de Duas Cabeças. (2HG)

Os jogadores jogam em duplas e fazem suas ações e tem seus turnos e fases ao mesmo tempo.

Cada dupla começa com 30 pontos de vida.

A lista de banida depende de qual o organizador do evento escolher (Francesa ou Wizards)

 

Além desses citados, há mais alguns, porém são menos jogados.

Até o próximo anúncio de Banlist, por volta do dia 15/01/18, poderá ser usado cartas de borda prateada, que tem sua banlist e cards não recomendados – aquelas cartas que te fazem perder os amigos...

Clique aqui para a lista de banidas.

 

TERMOS ESPECÍFICOS

 

Zona de Comando

Seu comandante inicia o jogo na Zona de Comando e é onde permanecerá durante a partida (salvo se você escolher deixar ele no cemitério ou para o exílio ao invés de mandá-lo para lá).

A primeira vez que você conjurar o seu comandante, pagará o custo normal, porém, a partir da segunda vez, custará 2 manas incolores a mais para cada vez que ele for conjurado da Zona de Comando. Exemplo: Seu comandante é a Chandra, Fogo de Kaladesh e custa 1RR para ser conjurada a primeira vez, na segunda custa 3RR, na terceira 5RR e assim sucessivamente.

Se escolher enviar para o cemitério e usar uma carta para devolvê-lo para a mão ou para o deck, quando conjurá-lo, pagará o custo normal.

 

Dano de Comandante

O jogador que sofrer 21 ou mais pontos de dano do mesmo Comandante ao longo da partida, perde o jogo.

Deve-se contar qualquer dano causado pelo Comandante, acompanhando as mudanças de zona, por exemplo, se um oponente assumir o controle do comandante de outro jogador, ainda conta como dano de comandante.

 

REGRAS DE TORNEIO

 

Basicamente, o Commander segue as mesmas regras que todos os outros formatos, mas tem algumas regrinhas específicas só para ele, constantes do Comprehensive Rules, lá no item 8 – Multiplayers Rules.

Não existe side board no Commander.

No Multi-Player Commander, os jogadores se posicionam aleatoriamente na mesa e jogam o dado para ver quem inicia a partida. Após isso, os jogadores seguem com seus turnos, sempre em sentido horário.

A mão inicial será sempre de 7 cards, com exceção se o jogador dar mulligan. No Duel Commander, aplica-se a regra normal, a próxima mão terá 6 cartas e, caso permaneça com elas, pode-se usar vidência 1. Já no Multi-Player Commander, o primeiro mulligan é de graça (o que a galera chama de mulligan da amizade, mas está na regra...), ou seja, pode-se comprar 7 cards, a partir do segundo mulligan, segue a regra normal.

Durante a fase de ataque, o jogador que estiver atacando pode optar por fazê-lo em um só oponente ou poderá atacar vários ao mesmo tempo. A escolha do alvo independe de sua posição na mesa. O mesmo vale para permanentes, mágicas e habilidades, exceto as que foquem apenas você.

 

Ah, mas eu não quero jogar torneios, mas com os amigos!

Então, seus problemas acabaram! Jogue um mesão do amor.

Façam suas regras e se divirtam!

Please reload

Posts Recentes

November 12, 2018

September 9, 2018

August 20, 2018

Please reload

Arquivo
Please reload

Procure por Tags
Siga Nossas Redes
  • Facebook Basic Square
  • Instagram Social Icon

© 2015 - 2018 por Liga das Garotas Mágicas

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle